Diário de uma Transformação

Dia 7 – 16 de outubro de 2015 – A vida tem que ser leve, a vida tem que ser doce

Hoje acordei bem antes da hora, tomei o café da manhã, acabei de escrever e nada, tudo escuro ainda, nenhum ruído no corpo de bombeiros. Devia ser umas 5 da manhã, portanto decidi tentar dormir mais um pouco. Deu certo, algum tempo depois o dia começou a raiar, fiz meus alongamentos e parti para mais um dia a ser percorrido no Caminho de Santiago. Continue lendo “Diário de uma Transformação”

Diário de uma Transformação

Dia 1 – 08 de outubro de 2015 – Os primeiros passos

Acordo cedo e antes das sete já estava me despedindo da minha mãe e do Fernando, ouvindo as diversas recomendações maternas, especialmente o cuidado e o dê notícias.  Era chegada a hora, o Caminho de Santiago se abria à minha frente, ali mesmo, na descida da ladeira em Cascais. Era como um pré-aquecimento, pois oficialmente começava na Igreja da Sé, em Lisboa; mas na verdade, o Caminho de Santiago já tinha começado há algum tempo pra mim, desde que comecei a me reerguer e sair do fundo do poço onde eu estava. Continue lendo “Diário de uma Transformação”