Diário de uma Transformação

Dia 22 – 31 de outubro de 2015 – Experiências mágicas, um dia inesquecível

Hoje foi o dia mais intenso de todos, muito intenso e especial. Estranhamente todos levantaram muito cedo no albergue, alguns ainda bem no escuro da madrugada, só ficou eu e mais um, dos tantos que pernoitaram no dormitório onde estava. Levanto-me um pouco antes do amanhecer, fazendo tudo bem devagar, pois o dia seria cheio, provavelmente o mais cheio até agora. Saio do Seminário Menor e dou de cara com um visual incrível, Santiago de Compostela à minha frente, amanhecendo. O seminário ficava um pouco afastado e em uma zona alta, dava para ver a cidade bem de frente, uma visão realmente muito bonita. Como uns biscoitos ali para enganar a fome, olhando para Santiago, e pouco depois saio caminhando em direção à cidade, pois tinha que tomar o café da manhã, ir à catedral, ir nas estações de trem e ônibus, tudo isso antes de seguir viagem rumo ao trecho final da jornada.  Continue lendo “Diário de uma Transformação”

Diário de uma Transformação

Dia 20 – 29 de outubro de 2015 – Lugares especiais de dia, pessoas especiais à noite

Hoje foi mais um dia mágico, parece que a cada dia que Santiago de Compostela se aproxima fica mesmo mais intenso, mais especial. Fui o primeiro a acordar no meio de mais de trinta e poucas pessoas pelo menos – puxei as minhas coisas para fora do dormitório, fiz um chá e ajeitei tudo, antes de sair. Tomei o café da manhã em um lugar na estação de trem da cidade, o dia estava com preguiça de amanhecer, já eram 7:30h e ainda estava bem escuro. Saio caminhando pelas ruas de Pontevedra cantando, cantando animado as novas canções, anunciando um novo dia, um novo tempo, uma nova vida. Se me ouvem, se me julgam, não me importa, realmente não importa. O que importa é estar ali, caminhando, seguindo o meu rumo, seguindo em frente. Penso em meus filhos, penso nela, como fiz em todos os dias durante o caminho, mas me sinto bem, não sinto culpa de nada, me sinto livre, de consciência limpa e tranquila, e não há sensação melhor que esta. Continue lendo “Diário de uma Transformação”