Diário de uma Transformação

Dia 10 – 19 de outubro de 2015 – Liberdade é a palavra, liberdade é o sentimento

Esta noite dormi melhor que a anterior, mais ainda não foi uma noite ideal, alguns sonhos e pensamentos tortos voltaram a atacar, porém nada muito grave. Levanto-me e decido que mais tarde farei o que há algum tempo venho planejando, que é fazer alongamento e meditação antes de deitar. Tenho certeza que vai dar certo. Continue lendo “Diário de uma Transformação”

Diário de uma Transformação

Dia 9 – 18 de outubro de 2015 – Quando estamos determinados, os milagres acontecem

Ontem o Festival de Sopas foi uma experiência muito interessante. Quando eu viajava com a família, sempre dizíamos que éramos como peregrinos, e não como turistas, pois gostávamos de vivenciar a cena local, de conversar com os moradores, de participar de suas vidas de alguma forma. E ontem foi assim, troquei algumas palavras com as pessoas, estava um clima amistoso, por cerca de pouco mais de uma hora eu fiz parte daquela comunidade. Ah, e as sopas estavam maravilhosas, com exceção de uma que me arrependo bastante de ter provado, a tal sopa de pedra. Eu já não havia gostado muito do nome, me remetia a algo pesado, mas como tinha muita gente pegando, acabei experimentando também. De longe eu percebi que levava feijão, mas de perto eu vi que era praticamente uma sopa de feijoada, cheia de pedaços de porco, o que me saiu muito caro durante a noite. Por causa desta sopa eu não dormi bem, acordei duas vezes no meio da madrugada e memórias e lembranças me atacaram impiedosamente, o que me deixou um pouco triste ao amanhecer. Continue lendo “Diário de uma Transformação”