Diário de uma Transformação

Dia 7 – 16 de outubro de 2015 – A vida tem que ser leve, a vida tem que ser doce

Hoje acordei bem antes da hora, tomei o café da manhã, acabei de escrever e nada, tudo escuro ainda, nenhum ruído no corpo de bombeiros. Devia ser umas 5 da manhã, portanto decidi tentar dormir mais um pouco. Deu certo, algum tempo depois o dia começou a raiar, fiz meus alongamentos e parti para mais um dia a ser percorrido no Caminho de Santiago. Continue lendo “Diário de uma Transformação”

Diário de uma Transformação

Dia 6 – 15 de outubro de 2015 – Montanhas, cartas de amor e um novo companheiro

Acordei ainda era de noite, como tem sido de praxe já há algum tempo. Fiz o meu desjejum, arrumei tudo e fui escrever no diário, e quando dei por mim já havia amanhecido. Era hora de fazer meus alongamentos e partir depois de mais uma noite tranquila no alojamento de um quartel de bombeiros voluntários – estou começando a simpatizar com esta entidade, havia até um cartaz lá embaixo com os dizeres “Quer ser um bombeiro voluntário?” e eu até brinquei comigo mesmo me perguntando se eu levava jeito para a coisa, rs. Continue lendo “Diário de uma Transformação”