Depoimentos

“Fui conhecendo “Um dia de verdade” aos poucos, através dos excertos publicados pelo autor nas redes sociais. As citações eram sem dúvida inspiradoras e a curiosidade sobre esta história foi aumentando com o tempo. Por essa razão não pude deixar de ir ao lançamento da edição portuguesa em Lisboa. No evento, além de ter conhecido o autor e a sua maravilhosa família, tive ainda o prazer de ouvir a leitura encenada do primeiro capítulo do livro. O que ouvi não só confirmou as minhas expectativas, como as aumentou substancialmente. Esperava encontrar uma história em que os protagonistas encontravam novas facetas de si mesmos. Mas o primeiro capítulo prometia mais que isso. Prometia a maior viagem que um ser humano pode fazer: a viagem a si mesmo. E de facto, estes dois personagens que, descobrimos no início do livro, já haviam antes iniciado uma busca pessoal intensa, decidem um dia vivê-la, realmente tocá-la. Talvez esta descrição seja enigmática, mas “Um dia de verdade” é um daqueles livros que falará por palavras diferentes a cada um que o ler, e é por isso que recomendo a sua leitura. O leitor que o ler para além da aventura descrita, irá certamente encontrar uma mensagem inspiradora, assim como eu tive o prazer de encontrar: fecha os olhos, sente, abre-os e segue o caminho que viste. Venham mais histórias de Neo One Eon!”
Isa Lisboa, Sintra, Portugal

 
“Receber um livro em presente é receber mais que algumas páginas encadernadas sobre as quais os nossos olhos podem passear ao acaso. Apesar de relativamente pequeno e leve, o objeto contém muito mais que palavras; é uma viagem que nos é oferecida. Pode realizar-se no conforto de uma poltrona ou, como foi o caso desta, em movimento nos meios de transporte público que nos escondem a paisagem por situar-se debaixo de terra. Mesmo se me custa admiti-lo, iniciei esta viagem com uma ponta de preconceito. É algo que deve evitar-se, mesmo quando ele é, como foi aqui o caso, positivo. Conhecendo já alguns dos escritos do Neo através do seu blog pessoal e das suas publicações no Pense fora da caixa, foi com a expetativa de iniciar uma grande viagem que abri a primeira página. Ao ler o prefácio de Esteban Rey Fontan, pensei que a minha esperança, afinal, só poderia ser satisfeita. Percorri as 115 páginas de “Um dia de verdade” em duas horas. É curto, bem sei. A razão não é o facto de eu ser particularmente rápida na leitura, mas bem a vontade irrepreensível de saber como se termina a viagem. Nas palavras de Neo OneEon, voei através das aventuras dos personagens como se sobrevoa uma paisagem acolhedora e sensível. A comunicação entre Diana e o seu interlocutor, do qual nada revelarei aqui para permitir a cada um a agradável surpresa de o descobrir, poderia ser o ponto central desta ficção, mas não o é. É a própria viagem que ela faz em si mesma, o caminho que percorre até ao fim da linha ou até ao cume da montanha… Um estilo limpo, acessível e claro vos acompanhará ao longo da leitura. As palavras servem aqui a história que nos é relatada, poupando ao leitor as descrições do supérfluo, permitindo-lhe imaginar o que é apenas entendido para melhor apreender o que o autor pretende transmitir-lhe. É uma obra de leitura agradável e que não pode deixar de provocar uma reflexão profunda no leitor sensível e de mente aberta. Terminarei dizendo apenas que tive vontade, após a leitura deste romance, de entrar nos transportes em comum cumprimentando cada passageiro no caminho para o lugar disponível em que me sentaria. Apesar de utilizar esses meios de transporte diariamente, ainda não o fiz desta forma… ainda não… Para saber a razão de tal vontade, aconselho-vos a leitura desta excelente viagem.”
Dulce Morais, Tomar, Portugal

 
“Alguém que escreve com tanta propriedade sobre o amor, faz-me crer que, a experiência da jovem Diana de seguir os passos do mestre, e transcender os limites do corpo e da alma, passa pela própria experiência do autor … do Neo , meu amigo. É admirável que, questões de ordem filosóficas, espirituais e humanitárias sejam abordadas tudo ao mesmo tempo, em apenas UM DIA DE VERDADE, o que faz o livro ser instigante e refletivo. Garanto ao leitor que se aventurar a ler este livro UM DIA DE VERDADE, vai se ver diversas vezes dando uma pausa entrelinhas numa inevitável reflexão. Ao autor NEO ONE EON (meu amigo) deixo aqui o meu sincero Parabéns e agradecimentos ! À todos uma boa leitura…”
Sandro Panografia, Sete Lagoas/MG, Brasil

 
“No livro ‘Um dia de verdade’ o autor conseguiu transmitir, com muita sensibilidade e clareza, suas experiências e ensinamentos sobre respeito, solidariedade e principalmente amor fraterno, sentimentos que nossa mente distraída com o exterior vai perdendo o contato e vai esquecendo. Nos mostra também que o mundo é feito de contrastes e adversidades, que podem ser harmonizados, pois é nesses momentos de reveses da vida que conseguimos uma melhor comunicação com nosso próprio coração para exteriorizar o que temos de melhor em nós. Tudo isso descrito de uma forma branda, agradável de ler, despertando a curiosidade sobre o desfecho, vai revelando aos poucos gestos de ternura ou um sorriso de sincero agradecimento, sentimentos de coragem ou verdadeiros valores elevados, como se fossem fatos expostos.”
Élida Ana Pereira, São Francisco de Paula/RS, Brasil

 
“Neo. li seu livro. todo ele ontem. no ônibus. indo para o trabalho e na volta dele. o trajeto é longo. estou emocionadíssima. e me sentindo agraciada por toda sua palavra/seu verbo ter chegado até mim. nele, é tudo tão sincero e simples. seu livro me acalmou de ansiedades. de perguntas aereas. de dias sem dona. mais do que literatura. eu li sentindo. acreditando muito em tudo ali narrado. me identificando em cada esquina. tanta bondade. o livro está todo sublinhado. marcado em tudo que gostei. e uma parte que me toca muito é quando a palavra leve ou leveza nele aparece. (e tem outras coisas que me tocam também, outras muitas coisas….) agradecida por tamanha revelação. acho que só no silêncio cabe tanta felicidade. a palavra não chega onde quero falar. eu adorei seu livro. e sentaria para escutar mais histórias. quando estiver em goiás/goiânia novamente com sua família. me avisa. quero poder partilhar mais. um abraço carinhoso em você e na grazi. vcs são inspiradores!!!”
Polly Di, Goiânia/GO, Brasil

 
“Neo, Eu li seu livro e gostei muito. Me identifiquei na hora com aquelas mensagens que vem de dentro da gente, da alma e do coração. Seu livro dá um toque para um despertar, para que a gente se importe mesmo com o que vale a pena, para que a gente se coloque um pouco no lugar do outro e reflita o que realmente vale a pena. Há um tempo atrás eu vivi uma experiência e com ela eu entendi que a vida é muito curta, e amanhã não sabemos se vamos acordar, quanto mais viver. Foi depois dessa experiência que eu reavaliei dores e ressentimentos e pude ver que por um julgamento errado eu estava perdendo momento s e pessoas preciosas na minha vida. Eu acho que nesse dia eu vivi o meu Dia de Verdade e qdo acabei de ler o seu livro , eu não pude deixar de pensar nesse fato e avaliar que nos dias de hoje é extremamente importante que se vivencie esse transbordar da alma. Recomendo para todos que leiam, e que ele toque o coração das pessoas como tocou o meu.Bjs”
Laurene Teófilo, São Paulo/SP, Brasil

 
“Um dia de verdade encantou-me por ser uma literatura rica em vocábulos. E, que resgata a boa leitura e o exemplo de que fazer o bem e sermos melhores não é difícil, ainda que vivamos em dias conturbados e carentes de paz. Concinha”
Maria Conceição Gomes Lopes, Caxias do Sul/RS, Brasil

 
“Neo! meu caro! somos apenas grandes aprendizes, escolhidos pela poesia onde não existem mestres. Os poetas já nascem versos. Ah! agradável sim, sempre, trocar minha modesta loucura com tua espantosa genialidade. Tu és um artista completo, de verdade! Um beijão em tua linda família!!!”
Cesar Roberto Brixner, Sobradinho/RS, Brasil

 
“Adorei as músicas, belíssimos timbres de guitarrrrr….”
Fernando Magalhães, Barão Vermelho, Rio de Janeiro/RJ, Brasil

 
“Aquário de Ilusões traz 7 canções muito boas, bem produzidas e bem gravadas. O som é bem no estilo rock nacional dos anos 80, mas com uma pegada e arranjos modernos, traz letras inteligentes. Vale a pena conferir!”
Comunidade do Rock, Rio de Janeiro/RJ, Brasil

 
“Depois de 10 anos de rock, este é o primeiro CD solo de Neo. As letras, altamente poéticas, falam da vida aqui, agora. Cazuza, Renato Russo e Jim Morrison são os ídolos do cantor e compositor. Ouça a Aquário de Ilusões, que dá nome ao disco.”
Revista MTV, Brasil

 
“As letras bem colocadas teimam em chamar a atenção, como na construção de Aquário de Ilusões. Neo tem consciência plena da importância das ideias no universo musical.”
Comunidade Web, Rio de Janeiro/RJ, Brasil