Dança do êxtase e do mergulho em si mesmo

Conhece-te a ti mesmo, por tantas vezes deparou-se com esta expressão e só agora o seu significado começava a ficar mais claro em sua mente e em seu coração.

Para conhecer a si mesmo verdadeiramente, não é preciso olhar-se no espelho, nem olhos são necessários; a não ser que se enxergue com os olhos da alma, pois é para dentro que há de se direcionar o olhar.

Não é preciso visão externa para vislumbrar-se a luz interior. Para beber a água da fonte, não é necessário estar morto de sede; basta saber que bebê-la é importante.

Isis não tinha certeza de onde vinham estes pensamentos, mas ela aceitava-os de bom grado, confiando em sua origem sem conhecê-la plenamente e ao mesmo tempo agradecida por eles lhe serem enviados. E algo lhe dizia que a confiança era recíproca.”

 

Neste trecho de AGEHU, meu novo livro, a personagem passa por um verdadeiro momento de inspiração e libertação, após ter vivido uma tragédia pessoal. Mas de onde esta vem esta força que uma pessoa tem para dar a volta por cima, para transformar o negativo em positivo? Intuição, Deus, Energia Suprema, Universo, independentemente do nome que se dê: a verdade é que esta força vem de dentro, quando enfim conseguimos mergulhar fundo em nós mesmos. E o que resulta deste mergulho? Duas coisas que são essenciais na vida, especialmente para aqueles que almejam transformar seus sonhos em realidade: PLENITUDE e GRATIDÃO. Quando estamos plenamente despertos, tudo fica mais simples e claro, sabemos exatamente os passos que temos que dar em nosso caminho. E gratidão é o sentimento que nos preenche, de uma forma tão natural que parece que sempre esteve lá, só esperando por nós. Mas e quando isso pode ser sentindo em grupo?

Ontem vivi uma experiência difícil de descrever em palavras, mas muito fácil de sentir. Participei de um encontro de Ecstatic Dance, algo que vem crescendo em todo o mundo. Mas o que é a Ecstatic Dance, ou Dança do Êxtase? É uma viagem rumo ao interior de si próprio através da dança, onde as pessoas dançam e usam o seu corpo e alma de uma forma totalmente livre; e também livre de álcool, drogas ou qualquer alucinógeno. Assim como acontece com a personagem de AGEHU, durante a Ecstatic Dance acontecem revelações, inspiração, libertação, plenitude e, claro, gratidão. E o poder disso é imensurável, pois é algo vivido em grupo, o que potencializa o nível energético exponencialmente, dando uma sensação de paz de espírito no final das duas horas de entrega a si mesmo poucas vezes sentida na vida. Experiências como esta é que dão sabor à vida e nos fornecem ainda mais fé e convicção no caminho, além de propiciar boas surpresas e até certos milagres, caso a pessoa está receptiva e aberta para o que a vida lhe oferece no momento.

Desejo a ti uma semana com muita luz e amor em teu caminho, que tu possas buscar o que há de buscar com afinco e dedicação. E que se esta busca for por ti mesmo, vai fundo, mergulha sem medo que as recompensas são incríveis e duradouras. Basta só um poquinho de coragem e fé para chegares aonde queres chegar. Estás sempre a um passo da vitória, só depende de ti, exclusivamente de ti e de mais ninguém! Se tiveres esta certeza em teu coração, a vida será mágica, nada além do que bela e mágica.

Boa semana, buen camino,

Neo.

46059120_1802328023209597_8071905147476770816_n

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s