Poensamentos, p.27

Hoje reli alguns trechos de Poensamentos, meu livro de poesia ainda inédito. Esta é uma das coisas que fiz na vida da qual sinto muito orgulho, e sinto também que está chegando a hora de Poensamentos nascer de fato e ganhar o mundo…

Com vocês, o poema da página 27.

COMA VIRTUAL

Desligue o computador

Deslugie o compotadur

Delsiuge o copmudator

Não seja o computador

Não minta, computador

Não processe seus dados (sem direito a julgamento!)

Não viva no computador

Não viva no computador!

Computa? Computa? Com quem?

Não viva

Com

Puta

Dor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s